Porsche Cayenne : O sucesso da polémica!

Os fãs do Porsche 911 (o único, o verdadeiro) nem sempre consideram os SUVs como um verdadeiro Porsche. No entanto, em todo o mundo, vendem-se aos milhares. Já com 20 anos de existência, o Porsche Cayenne ocupa o seu lugar na história da marca. Classificado entre os três modelos mais vendidos da Porsche, o Cayenne é hoje incontornável para a marca em todo o mundo.

Se produzirmos um modelo todo-o-terreno de acordo com os nossos padrões de qualidade, e ele tiver o escudo Porsche na dianteira, as pessoas vão comprá-lo.” – Ferry Porsche, 1989

Nascido no ano de 2002, o Porsche Cayenne foi um pioneiro na marca alemã. Pois além de ter sido o primeiro SUV da Porsche, foi também o primeiro automóvel da marca a ter cinco portas, foi o primeiro com motor diesel e mais tarde o primeiro híbrido da Porsche.

A Porsche sempre foi uma referência no mercado dos desportivos, com o 911, que possui uma legião de fãs incondicionais. Mas na década de 90 a Porsche estava longe de ser a lucrativa empresa que é hoje e sofre uma das suas maiores crises económicas. Pois bem, com a saúde financeira debilitada os dirigentes vão ser obrigados a tomar decisões importantes para fazer perdurar a marca de Stuttgart.

A solução passa pelo alargamento da sua gama, alargamento esse que se inicia em 1996 com o lançamento do Porsche Boxster, que propunha o acesso à marca com um modelo mais acessível. Esta revela-se uma boa aposta, pois o Boxster é um sucesso e atrai novos clientes.

Porém, apesar do sucesso a Porsche toma consciência de que o 911 e o novo desportivo a motor central não serão suficientes para salvar a marca, pelo que é necessário um terceiro modelo. Várias hipóteses vão ser analisadas. Um monovolume (carroçaria que estava em voga na altura), talvez uma berlina de quatro portas, e porque não um SUV?

Seguindo as recomendações da sua filial norte-americana, a escolha acaba por recair no SUV. Este tipo de carroçaria estava particularmente na moda na América do Norte, que por sinal era o maior mercado da Porsche. Ainda para mais, a concorrência preparava também a sua entrada no mercado, a Mercedes com o ML e a BMW com o X5. A Porsche tinha que reagir.

As ambições eram elevadas, a Porsche deveria construir um SUV desportivo com os genes da marca, mas também queria rivalizar os principais concorrentes do segmento todo-o-terreno.

Projeto Colorado

Este é um projeto enorme, pelo que foi concretizado em parceria com a Volkswagen, este projeto denominava-se “Colorado” e daria origem ao Porsche Cayenne e ao Volkswagen Touareg. Ambos partilhavam a mesma plataforma, mas cada marca desenvolveria as suas próprias configurações de chassis. A Porsche ficaria responsável pelo desenvolvimento da plataforma, enquanto a Volkswagen contribuiria com o seu Know-how de produção em massa.

Novos mercados, novos clientes.

Revelado em 2002 no Salão de Paris, o seu lançamento foi motivo de grandes discussões e envolto em grande polémica. Hoje é inegável a importância que o Cayenne teve para a marca alemã. O Porsche Cayenne conta já com três gerações, a primeira manteve-se até 2010 e trouxe consigo algumas inovações tecnológicas, como o PASM (Porsche Active Suspension Management) que em conjunto com a suspensão pneumática regulava de forma continua a força de amortecimento, e teve ainda na versão Diesel o seu grande destaque.

Tendo em conta a “moda Diesel” que se vivia na Europa naquela altura, escusado será dizer que esta versão era inevitável, esta recorria ao 3.0 V6 TDI de 240 cv. Esta variante conheceu um enorme sucesso, pelo que a 2ª geração manteve-se fiel ao diesel e recebeu uma versão S com o V8 TDI de 385 cv.

O Cayenne abriu as portas à eletrificação em 2010 com a versão híbrida, a segunda geração do Cayenne conheceria ainda uma variante híbrida Plug-in, o Cayenne S E-hybrid.

Já a terceira geração surgiu em 2017 e rompeu definitivamente com o Diesel, apostando cada vez mais no desenvolvimento das motorizações híbridas Plug-in. Entretanto em 2018 a “família” Cayenne passou a contar com uma variante Coupé.

Bateu recordes em pista!

O Cayenne soube demonstrar as suas capacidades em condições extremas, quando duas equipas privadas o inscreveram no Rally Transsyberia, que partia de Marrocos e terminava na Mongolia com uma passagem pela Sibéria. Estes dois Cayenne evidenciaram-se na prova ao conquistar o 1º e 2º lugar. O que inspiraria a Porsche a lançar uma edição especial de 26 unidades. Mas o Porsche Cayenne não se ficaria por aqui, em 2018 permitiu à marca estabelecer um novo recorde no lendário circuito de Nürburgring-Nordschleife, na categoria SUV, ao registrar um tempo de volta de 7m 38s.

Agora, 20 anos depois do seu lançamento a Porsche está de parabéns, o Cayenne já ultrapassou o milhão de vendas e permitiu à marca tornar-se numa das marcas mais rentáveis do mundo. Abriu o caminho a novos modelos como o Panamera, o Maycan e o 100% elétrico Taycan, que se impõem como verdadeiros sucessos comerciais. E mesmo que estes não sejam do agrado dos puristas, que se queira ou não, é graças a estes modelos que a Porsche pode continuar a presentear-nos com as versões mais emocionantes do mítico 911.

Vive a tua paixão !

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s