Ford Explorer – Um Americano À Conquista da Europa.

Com 30 anos de carreira no outro lado do Atlântico, o Ford Explorer decide lançar-se à conquista da Europa. Dotado de uma motorização híbrida “plug-in” esta é a única disponível no mercado europeu, para fazer face às imposições ambientais. Será esta uma ideia de génio ou não?

Com 5,06 m de comprimento, 2,22m de largura e 1,78m de altura, não há duvidas que o Ford Explorer foi criado para os EUA. Um dos SUV mais vendidos do outro lado do atlântico, este é presença assídua nas estradas americanas. Ao ver o Ford Explorer, este traz-me à memória o road trip que fiz há dois anos pela Pacific Coast Highway, sendo muito utilizado pela polícia na Califórnia cruzei-me com vários ao longo do percurso.

Com a chegada desta quarta geração, a Ford decidiu trazer o Explorer para o mercado europeu. Este é um regresso nalguns países após um interregno de 15 anos e é a sua estreia em Portugal. Para se aventurar no exigente mercado europeu esta nova geração recebeu diversas alterações. O desenho cuidado da frente, com as ópticas rasgadas em perfeita harmonia com a grelha. As linhas menos quadradas da carroçaria, a par com os vincos laterais marcados e das proteções plásticas que realçam as cavas das rodas onde estão alojadas jantes de 20″ aproximam o Ford Explorer dos padrões europeus.

The American Life

Com mais de 5 metros da comprimento e mais de 2 metros de largura, como seria de esperar se é coisa que não falta é espaço. Dotado de 7 lugares, os passageiros da 2ª fila beneficiam de bancos individuais e na 3ª fila podem viajar dois adultos sem problemas, sobrando ainda 240 litros na bagageira (635 litros com a 3ª fila rebatida).

Se bem que os acabamentos do interior não estejam ao nível da concorrência europeia, o Ford Explorer compensa esta desvantagem com um nível de equipamento surpreendente, é o que se chama “The American Life”. Inútil recorrer ao catálogo das opções, o Explorer já traz tudo. Bancos revestidos a couro, aquecidos e ventilados, sistema de som Bang & Olufsen, ecrã central vertical de grandes dimensões. Bem ao estilo americano, o Explorer possui 123 litros de espaços de arrumação e 12 porta-copos (sim meus amigos não me enganei são 12).

Híbrido?… Com Certeza!

A principal razão que levou o Ford Explorer, com três décadas nos EUA, só agora a lançar-se nesta ofensiva europeia reside no seu sistema de propulsão. O motor que surge neste modelo é o 3.0 ecoboost V6 que recebe a ajuda de um motor elétrico colocado no interior da nova caixa automática de 10 velocidades. Esta versão “ plug-in” tem uma potência combinada de 457 cv e 825 Nm disponíveis às 2500 rpm.

O Explorer recorre a uma bateria de iões de lítio com 13.3 kWh de capacidade para oferecer cerca de 40 km de autonomia em modo 100% elétrico. Quanto aos consumos e emissões, a Ford anuncia 3,1 l/100 Km e apenas 71 g/km emissões de CO2.

Tecnologia e Segurança

Para além do completo equipamento para garantir o máximo conforto aos seus ocupantes, a Ford apostou também na segurança. O Ford Explorer está equipado de uma camara de visão 360º e uma panóplia de sensores e radares que monitorizam tudo o que se passa na traseira, podendo inclusive deter o veiculo ao detetar a eminência de colisão com um objeto com mais de 28 cm de altura. O explorer estreia na Europa o sistema Reverse Brake Assist (travão de marcha atrás), complementado pelo sistema de pré-colisão que monitoriza tudo o que se passa à nossa frente.

A estes juntam-se o cruise control adaptativo, o reconhecimento de sinais de trânsito e a ajuda à manutenção na faixa de rodagem. O Ford Explorer possui ainda um dos mais avançados sistemas de gestão da tracção integral, este analisa a cada 10 milissegundos as necessidades de tracção de cada uma das rodas, assegurando a distribuição ideal de binário.

Será Esta uma Ideia de Génio?

85 mil Euros por um Ford parece exagero, mas o Ford Explorer apresenta-se como uma das melhores opções para um SUV de 7 lugares, senão a melhor opção considerando as propostas dos concorrentes alemães. Com tudo o que oferece a este preço, o Explorer não tem muita concorrência.

Com o Ford Explorer a marca americana completa a sua oferta SUV no velho continente. Contando com o Ecosport, o Puma e o Kuga, este Explorer eleva a marca a níveis a que não estamos habituados, como já tinha acontecido com o Ford GT e o Mustang.

Vive a Tua Paixão!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s