Citroën SM – A Estrela Cadente.

Estamos em 1970, mais uma vez a Citroën faz sensação em Genebra. A Citroën apresenta o que diz ser o verdadeiro GT à francesa, o seu nome : SM (project S Maserati). Expoente máximo da criatividade da marca aos “chevrons”, alia um design inovador a um nobre V6 de origem Maserati. Foi considerado na altura o automóvel de tracção dianteira mais rápido do mundo, infelizmente a sua carreira foi também ela uma das mais rápidas.
Vamos conhecê-lo!

Em meados dos anos 60, a Citroën  deseja desenvolver a sua gama acrescentando-lhe um modelo mais desportivo que o DS, que seria conhecido internamente como projeto S. Ao início o objetivo era um coupé desportivo com base no Citroën DS, mas com o avançar do projecto os designers orientaram-se na criação de um GT mais imponente.

Primeiros estudos de um coupé DS antes do projecto enveredar para o modelo GT definitivo
Primeiros estudos de um coupé DS antes do projecto enveredar para o modelo GT definitivo

Para os responsáveis da marca nem pensar em utilizar o velho motor do DS. Após algumas tentativas dos engenheiros franceses em desenvolver um novo motor seis cilindros, os dirigentes da Citroën verificaram que o processo seria longo e bastante caro a desenvolver, pelo que preferiram aproximar-se da Maserati para a concepção do novo motor. Acabando mais tarde por compra a firma italiana.

0609FB87-9EC7-4BC5-9C1F-65EC1BACEF4D

A compra da Maserati e o novo motor pronto deram um novo fôlego ao projecto S, culminando na versão definitiva.

21501B86-8DFF-4D74-9DE0-782546BEAB1A

O novo Citroën SM vem equipado do inédito motor V6 em alumínio desenvolvido por Giulio Alfieri, que na verdade se tratava do V8 do Maserati Indy ao qual foram amputados dois cilindros. Com 2670 cm3, o motor debitava 170 cv propulsando o SM a velocidades superiores a 220km/h. A partir de 1972 foi adicionada a utilização da injeção electrónica ao invés dos 3 carburadores inicialmente propostos.
Em 1973 o motor sofre uma última evolução vendo a cilindrada passar para os 2965 cm3 e a potência subir para 180 cv.

Ficção Científica

O design exterior foi entregue a Robert Opron, um discípulo do genial Flaminio Bertoni. O SM será a sua obra-prima, quer se goste ou se deteste o Citroën SM impressionava pela modernidade das suas linhas parecia saído de um filme de ficção científica, não existindo na altura nada parecido na concorrência.

69578265-B34A-44AA-80CB-30BAB1DFFE47

Logicamente o Citroën SM vem equipado da suspensão hidropneumática com ajuste  de altura automático, fiel à Citroën. O sistema hidropneumàtico também estava ligado ao sistema de travagem e à inovadora direcção assistida variável DIRAVI, que repunha as rodas direitas mesmo com o automóvel parado.
O Citroën SM  foi o primeiro automóvel europeu a ter o volante regulável em altura e profundidade, assim como a ter o pára-brisas colado. O sistema de iluminação era composto de seis faróis dianteiros, em que os centrais eram direcionais. Existia ainda a possibilidade de instalar jantes Michelin em resina reforçada de fibra de carbono muito mais leves do que as jantes tradicionais.

O interior também ele futurista, o volante era oval assim como os mostradores do painel de instrumentos
O interior também ele futurista, o volante era oval assim como os mostradores do painel de instrumentos.

À Conquista do Mundo

Desde a sua concepção a Citroën sabia que o SM estava talhado para o mercado norte-americano, a sua comercialização começa em 1972 após algumas alterações para se adaptar às normas americanas, nomeadamente os faróis (deixando estes de serem direcionais). O sucesso é imediato e o Citroën SM recebe o prémio de carro do ano atribuído pela revista Motor Trend nesse mesmo ano.

Citroën SM versão US , conhecido pelos seus faróis redondos, não direcionais pois as normas americanas não o permitiam.
Citroën SM versão US , conhecido pelos seus faróis redondos não direcionais, pois as normas americanas não o permitiam.

Mas em 1974 tudo muda, as novas normas americanas impõem novos para-choques e alterações profundas, tornando impossível a comercialização do SM em terras do “Oncle Sam” o que iria acelerar o declínio do Citroën SM.

O que é que matou o SM ?

Se o declínio do SM aparece quase sempre associado à grave crise energética de 1973. No entanto, esta não foi a causa principal mas sim uma série de acontecimentos.
Começando desde logo pelas dificuldades sentidas nos Estados-Unidos em que a Citroën esperava ser o seu principal mercado; por outro lado a rede de concessionários que não estava preparada para a venda de tal veículo e muito menos para a assistência pós venda que era bastante complexa. A isso podemos ainda acrescentar os problemas de fiabilidade do motor Maserati e do SM em geral, que apesar de resolvidas não impediram a sua má reputação.

SM Opera, versão 4 portas proposto por Henri Chapron
SM Opera, versão 4 portas proposto por Henri Chapron

Em cinco anos de comercialização foram produzidos 12920 unidades, o que tendo em conta o contexto não é mau. Apesar da curta carreira comercial o Citroën SM contribui para melhorar a imagem da marca quer em termos desportivos assim como de prestígio. O Citroën SM foi escolhido pela presidência francesa como veículo oficial, uma versão transformada pelo carroçador Henri Chapron que realizou ainda que em pequena série, uma versão descapotável do SM chamada Mylord e uma versão quatro portas chamada Opera.

Citroën SM Mylord construído por Henri Chapron
Citroën SM Mylord construído por Henri Chapron
Citroën SM “rally” vencedor do rally de Marrocos em 1971.
Citroën SM “rally” vencedor do rally de Marrocos em 1971.

Hoje em dia o Citroën SM é muito procurado pelos fiéis colecionadores da marca francesa, sobretudo a versão equipada de carburadores. Pelo que a sua cotação não pára de subir.

 

Vive a Tua Paixão!

 

 

 

4 thoughts on “Citroën SM – A Estrela Cadente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s