Formula 1 – Drive to Survive

Já estreou a segunda temporada de “ Formula 1 – Drive to Survive”, disponível na plataforma Netflix desde o dia 28 de Fevereiro. No Mundo sobre Rodas não perdi tempo e já vi. Uma autêntica maratona no último fim-de-semana, mas valeu a pena.
DED3138A-648D-457C-B93E-966559433960

“Formula1 – Drive to Survive”é o resultado de um acordo entre a Formula One Management e a Liberty Media, o grupo americano que gere os direitos comerciais da F1. Esta série-documentário acompanha as equipas do desporto mais rápido do mundo, mas de uma perspectiva inédita, mostrando-nos os bastidores. A primeira temporada foi produzida pelos produtores do excelente documentário Senna e acompanhou o campeonato de 2018. Ao longo dos 10 episódios o documentário conta-nos as histórias marcantes da temporada mergulhando-nos no interior do paddock e dos monolugares.

Boas-vindas à Ferrari e Mercedes

Para aqueles que apreciaram a primeira temporada de Drive to Survive, de certeza que não vão ficar desiludidos com os novos 10 episódios da segunda temporada. Que tem como principal novidade a inclusão das equipas da Ferrari e da Mercedes, que desta vez aceitaram a presença das câmeras da Netflix.

1CD2B6B1-9F85-462D-96DE-FB835D9BDE18

Mais uma vez o objetivo de “Formula 1 – Drive to Survive” não é apenas fazer um resumo das corridas , mas dar-nos acesso ao que se passa por detrás da corrida: a rivalidade entre os pilotos da mesma equipa; os desafios das equipas na sua gestão desportiva e orçamental, assim como a preparação dos monolugares na procura constante de performance. De certa forma mostrar o lado humano de quem vive no mundo da F1.
A narrativa e montagem do documentário assume o formato de uma série, com as histórias por vezes a aproximarem-se mais como uma obra de ficção. Pois esta destina-se não só aos fãs da Fórmula 1, mas também àqueles que nunca viram um Grande Prémio.

Drive to Survive

Esta nova temporada acompanha do interior alguns momentos fortes do campeonato de 2019. As dificuldades da Mercedes no Grande Prémio da Alemanha, o duelo entre Vettel e Charles Leclerc na Ferrari, a chegada de Daniel Ricciardo à Renault e de Carlos Sainz Jr. à McLaren, a difícil temporada vivida pela Haas F1 Team e a despromoção  de Pierre Gasly da RedBull em pleno campeonato.
2B54726F-C27D-4067-8A3F-69CCCAA48D87

A Formula 1 procura um novo Público

O desporto mais rápido do mundo tem vindo a perder audiência ao longo dos anos, afastando-se cada vez mais do seu público. Com a chegada dos americanos Liberty Media na gestão dos direitos comerciais da F1, as coisas começaram a mudar.

A Liberty Media deseja atrair um novo público, mais jovem. Para isso aumentou a presença nas redes sociais, tem o seu próprio serviço de streaming – a F1 TV. Em que é possível acompanhar em direto as corridas com câmeras instaladas em todos monolugares, assim como os ensaios de pré-temporada em Barcelona.
A série da Netflix, Drive to Survive também ela tem contribuído para o aumento da audiência da Fórmula 1, pois não se destina apenas aos apaixonados da modalidade. O que eu posso confirmar, pois seja um verdadeiro petrolhead  confesso que não seguia a Fórmula 1 e o fato de ter tido acesso ao que se passa nos bastidores com a série “Formula 1 – Drive to Survive”, agora só desejo uma coisa, é que comece o campeonato 2020.

Vive a Tua Paixão.

One thought on “Formula 1 – Drive to Survive

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s