Land Rover Defender: O Regresso do Rei

O último Salão de Frankfurt foi palco da apresentação do novo Land Rover Defender, um dos modelos mais aguardados do momento. Todos ansiávamos pelo regresso do rei dos todo-o-terreno. E que regresso!


F1A1E52E-BCAB-4379-A9F1-D1B72FE8C54B

O Defender é um mito incontornável da história automóvel. Em conjunto com o Jeep Willys que lhe serviu de inspiração, o Mercedes Classe G e o Toyota Land Cruiser, permitiram-nos explorar os lugares mais inóspitos do mundo.

O novo Defender é moderno mas não nega as suas origens com várias referências ao Land Rover séries.
O novo Defender é moderno mas não nega as suas origens com várias referências ao Land Rover séries.

Se os seus concorrentes foram concebidos inicialmente como veículos militares, o Defender por seu lado, foi concebido para fomentar a paz. Apresentado no Salão Automóvel de Bruxelas em 1948 como Land Rover Séries, este tinha por principal objetivo auxiliar os agricultores nas suas tarefas, rapidamente foi adaptado às mais diversas áreas. Foi produzido num total de 2 milhões de unidades, dos quais a Land Rover anuncia orgulhosamente que 2/3 continuam em circulação.

Após uma longa carreira de 70 anos, as cada vez mais exigentes normas de poluição levaram a Land Rover a interromper a sua produção em 2016, preferindo reinventar o Defender.

Imagino que não deve ter sido nada fácil, pois a responsabilidade era enorme. Devem ter sido inúmeras as horas de trabalho para consegui-lo, mas ei-lo de novo.

O novo Defender mantém a porta traseira de abertura lateral.
O novo Defender mantém a porta traseira de abertura lateral.

Autêntico mas Moderno

O novo Defender quer-se autêntico. Mas autêntico não é idêntico. O objetivo é aliar o caráter prático que o Defender representa e ao mesmo tempo torná-lo um objeto de desejo. Parece-me que a equipa de Gerry McGovern consegui-o na perfeição.

O Defender possui uma assinatura luminosa fortemente inspirada no seu antepassado
O Defender possui uma assinatura luminosa fortemente inspirada no seu antepassado

De formas cúbicas com linhas simples sem grandes aparatos, pequenas janelas, um pára-brisas direito e uma assinatura luminosa evocadora dos seus antepassados. A perfeita conjugação entre tradição e modernidade. O Land Rover Defender estará disponível em duas versões, de altura e largura idênticas mas com uma distância entre eixos distinta (tal como os seus antepassados). Temos então o 90 (de 3 portas) e o 110 ( de 5 portas ).

O Defender será proposto em 2 versões: 90 de 3 portas e 110 de 5 portas
O Defender será proposto em 2 versões: 90 de 3 portas e 110 de 5 portas.

No que diz respeito ao interior a revolução é total, o que era de prever. O painel de instrumentos moderno possui uma placa em magnésio personalizável, que serve de suporte a todos os outros elementos, como o sistema de info-entretenimento presente noutros modelos da marca.
Entre os assentos dianteiros poderá optar-se por uma consola central ou um terceiro banco, o que vai encantar os mais nostálgicos. Ou seja, com esta configuração a versão 90 poderá transportar 6 passageiros e a versão 110 até 8 passageiros.

O Defender propõe um terceiro lugar na frente, tal como os seus antepassados.
O Defender propõe um terceiro lugar na frente, tal como os seus antepassados.

Verdadeiro Todo-o-Terreno

Mas o design é apenas a parte visível do iceberg, a verdadeira revolução está no chassis. Adeus ao tradicional chassis composto de longarinas e travessas. Bem-vindos a uma moderna plataforma monobloco em alumínio denominada D7x, o que segundo os engenheiros tornou o  novo Defender mais rígido que os anteriores. Esta nova plataforma permite a utilização de uma suspensão independente (pneumática ou helicoidal), assim como motorizações electrificadas.237EFEA2-D065-4FBF-8787-425A26184D4D

Depois de testes exaustivos, percorrendo mais de um milhão de quilómetros nos cenários mais hostis do planeta, a Land Rover assegura que o novo Defender é um verdadeiro todo-o-terreno. Esta plataforma oferece uma altura ao solo de 291 mm, ângulos de ataque e de saída de respectivamente 38 e 40 graus e ainda um declive máximo de 45 graus.

Uma versão comercial está prevista, com menos equipamento e mais acessível
Uma versão comercial está prevista, com menos equipamento e mais acessível.

Para a prática off-road o Land Rover Defender propõe o “terrain response 2”, um software que permite a partir do ecrã táctil ajustar os parâmetros do automóvel em função do terreno encontrado, ou deixar que o sistema o faça sozinho sem a nossa intervenção. O Defender é também o primeiro Land Rover a dispor da função “Wade” para as passagens a vau. Permite ao condutor ver a profundidade da água e atravessar o vau em toda a segurança. E ao sair da zona de imersão este sistema cria automaticamente atrito entre as pastilhas e os discos de travão secando-os para optimizar a travagem.

A versão 110 será a primeira comercializada, com diversos níveis de equipamento: S, SE, HSE e Defender X .
A versão 110 será a primeira comercializada, com diversos níveis de equipamento: S, SE, HSE e Defender X .

Motores Electrificados

No que diz respeito a motorizações, o novo Defender terá ao seu dispor os conhecidos motores diesel D200 e D240 de 200 cv e 240 cv respectivamente. Para quem prefere a gasolina temos o P300, um 4 cilindros com 300cv de potência.
A grande novidade é o P400, que associa um bloco de 6 cilindros com 3 litros e a tecnologia Mild-hybrid de 48v. Mais tarde chegará ainda o híbrido plug-in P400e. 
Todos os motores estarão equipados de uma caixa de
velocidades automática de 8 velocidades.

O Defender 90 chegará mais tarde assim como o motor híbrido plug-in o P400e.
O Defender 90 chegará mais tarde assim como o motor híbrido plug-in o P400e.

O Land Rover estará disponível em vários níveis de equipamentos: S, SE, HSE e Defender X. Depois é mergulhar no catálogo onde teremos 170 acessórios para personalizar o Defender. Se não quisermos passar o fim-de-semana a fazê-lo, a Land Rover dispõe de 4 packs à escolha para nós facilitar a tarefa.

Construído na Eslováquia (sem dúvida uma antecipação ao Brexit), o Defender tem a comercialização prevista para a primavera do próximo ano. Inicialmente proposto na versão 110 com um preço em Portugal a partir de 87340 euros e 80500 euros para a versão 90 que chegará 6 meses mais tarde.

Agora resta-nos esperar com expectativa o regresso do rei à estrada.B38EB4C3-1328-4316-B5AF-191D05BA8EDD


Vive a Tua Paixão!

2 thoughts on “Land Rover Defender: O Regresso do Rei

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s