Ford T – O Primeiro Carro do Povo


O Ford T foi um automóvel icónico que marcou a história da indústria automóvel, foi o primeiro carro produzido em série, o primeiro a ultrapassar o milhão de unidades produzidas e o primeiro automóvel popular. Tudo se tornou possível graças à visão de um homem: Henry Ford.

O Ford T foi um modelo produzido pela Ford Motor Company a partir de 1908. Foi o primeiro automóvel a um preço acessível, custava cerca de 825$, quando a maioria custava pelo menos 2000$, o que permitiu pôr a classe média sobre rodas.

Este sucesso deve-se ao engenho e persistência de Henry Ford, que via o automóvel como a revolução do Séc XX e idealizava construir o “carro para todos”, bom e barato. Em 1903, após algumas experiências menos sucedidas fundou a Ford Motor Company e comercializou o seu primeiro automóvel : o Model A . Seguiram-se vários modelos e protótipos, cerca de 18 até chegar ao Model T.

Graças à sua simplicidade e robustez o Ford T conquistou o mercado, com um chassis rudimentar mas sólido em aço, um motor de 4 cilindros com 20cv, o acelerador no volante e uma transmissão semi-automática original que permitia alterar quase instantaneamente o andamento do carro para a frente e para trás. Cenas imortalizadas nos filmes de Laurel & Hardy, mais conhecidos entre nós por Bucha e Estica, proporcionando momentos hilariantes.

” O cliente tem o direito de escolher a cor do seu carro desde que seja preto”. Esta frase de Henry Ford demonstra a sua vontade de construir o máximo possível com o menor custo, pois essa era a cor mais barata, mais resistente e aquela que secava mais rápido para não atrasar a cadência de produção.

Bem, na verdade no início foram produzidos em várias cores, o problema é que a fábrica não tinha capacidade para responder ás encomendas, sendo introduzida a cor única em 1914.

O grande número de encomendas obrigou a construção de uma nova fábrica em Highland Park, onde Henry Ford pôs em prática um engenhoso plano inspirado no Taylorismo. Cria a linha de montagem, em que os operários estão fixos no mesmo lugar realizando uma única tarefa enquanto os veículos vão avançando. O que se revelou duma eficácia tremenda, pois não só permitiu reduzir o tempo de montagem por automóvel de 12h30 a 1h30 e claro os custos de produção.

A diminuição dos custos permitiu um aumento progressivo dos salários dos operários, passando de 2,3 para 5 dólares por dia. Todos queriam trabalhar na Ford Motor Company. Apesar disso já havia quem se insurgisse contra este sistema de trabalho. Esta mecanização do trabalho foi brilhantemente denunciado no cinema por Charlie Chaplin, no filme “Tempos Modernos”.

Mas voltando ao nosso Ford T, uma verdadeira legenda, foram produzidos cerca de 16,5 milhões de unidades entre 1908 e 1927, sendo apenas ultrapassado anos mais tarde pelo Volkswagen Carocha. Foi produzido em Inglaterra, Alemanha, França, Dinamarca, África do Sul e Japão.

Embora o seu preço em 1927 fosse apenas de 300 dólares, as suas vendas começam a cair, por falta de evolução do modelo, pois praticamente não mudou em 19 anos de carreira, estando desactualizado face à concorrência. Acabou por ser substituído por um novo Model A .

O Ford T em números:

  • Motor 4 cilindros, 2892 cm3;
  • Potência: 20 cv ;
  • Velocidade Máxima: 65 Km;
  • Cotação Atual: de 10000 a 20000 euros.

One thought on “Ford T – O Primeiro Carro do Povo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s